DIGITE O ASSUNTO QUE VOCÊ BUSCA

Carregando...

sábado, 14 de julho de 2012

JOVEM É DECAPITADO POR SE CONVERTER AO CRISTIANISMO


O incidente ocorrido na Tunísia foi mostrado em um programa chamado Egito Hoje. O filme mostra um jovem sendo assassinado, por homens mascarados, com uma faca em sua garganta. Um homem canta uma série de orações muçulmanas em árabe, condenando o cristianismo. O homem que segurava a faca na garganta do jovem cristão começa a cortá-la, lentamente, em meio à gritos de "Allahu Akbar" ("Deus é grande"). Raymond Ibrahim, do Gatestone Institute, descreve a cena:

“Um jovem é mantido no chão por homens mascarados. Sua cabeça é puxada para trás e ele tem uma faca na garganta. Ele não se debate e parece resignado a sua sorte. Falando em árabe, um locutor ou “narrador”, que não aparece na tela, canta várias orações e súplicas muçulmanas, a maioria condenando o cristianismo por causa da Trindade, é chamado de fé politeísta: "Que Allah esteja vingado do apóstata politeísta", "Deus, faz triunfar tua religião, torna-a vitoriosa sobre os politeístas”, "Allah, desfaz os infiéis pelas mãos de muçulmanos", "Não há outro deus senão Alá e Maomé é seu mensageiro". Então, com gritos de “Allahu Akbar!” – que significa “Deus é grande” – o homem segurando a faca na garganta do apóstata  começa a corta-la, enquanto a vítima parece calmamente sussurrar uma oração. São necessários quase dois minutos cortando com a faca para separar a cabeça do cristão de seu tronco, cabeça que é então levantada em meio a gritos e slogans de vitória.” 

O apresentador do programa Egito Hoje estava visivelmente angustiado com as cenas. Em seguida, referindo-se aos muçulmanos do Egito, da Irmandade e dos salafistas, que juntos detêm a maioria dos assentos no parlamento do país, ele perguntou: "Que governo é este”? A filmagem desta brutal decapitação é a mais recente indicação alarmante da ameaça violenta à liberdade religiosa pós Primavera -Árabe. A Primavera Árabe, também conhecida como Revolução Jasmim, é uma onda revolucionária, que vêm ocorrendo no Norte da África e Oriente Médio desde 18 de dezembro de 2010. Os protestos, que começaram nas redes sociais e que resultaram em greves, manifestações públicas, conflitos armados e na queda dos principais ditadores do mundo árabe, têm como objetivo organizar, comunicar e sensibilizar a população para que esta lute por mais democracia e liberdade de expressão. 

Pedidos de oração: 

- Oremos por este mártir que foi degolado por se recusar a negar a Cristo. Oremos também – eu sei que vai ser mais difícil – por seus carrascos;
- Ore agradecendo a Deus pela vida de nosso irmão da Tunísia e pela manifestação de sua fé que não vacilou, até a morte; 
- Ore para que o seu testemunho toque os corações de seus assassinos e daqueles que viram a filmagem de sua morte, para que se convertam a Cristo;
-Ore para que os jovens sejam fortalecidos conforme o texto bíblico de 1 João 2.14:
“... Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno.” 

Leia o livro CRISTÃOS SECRETOS  e saiba mais, sobre o cotidiano de cristãos que vivem em países de maioria muçulmana. 

Fonte: Barnabas Fund
Tradução: Junia Vasconcellos

Extraído dos sites: 


Nenhum comentário: