quarta-feira, 29 de julho de 2009

ELÁSTICO (LIGA) DE CABELO FEITA COM CAMISINHA!


Recebi por email essa mensagem e, para a saúde das mulheres, resolvi postá-la. O link abaixo mostra a foto de ligas de cabelos feitas de camisinhas usadas!! Por isso leia o texto e tome cuidado!

São produtos que compramos para nossas filhas, sobrinhas, irmãs...

Incrível o que fazem os chineses para vender os seus produtos no nosso país, e que põe em risco a nossa saúde! EVITEM comprar este tipo de elásticos para o cabelo, pois estão feitos de PRESERVATIVOS usados, e segundo os chineses, estão limpos e desinfectados, mas não é 100% seguro. As mulheres tem a mania de segurá-los na boca enquanto penteam o cabelo das suas filhas, e este tipo de elásticos podem ter sido feitos de preservativos usados que podem ter sido usados por pessoas com HIV/SIDA, ou outro tipo de doenças de índole sexual. Ao que parece este tipo de elásticos vem da China e são vendidos em mercados ou lojas dos chineses. De acordo com o governo dos E.U.A. e Espanha, reciclar preservativos é ilegal! Lamentavelmente nem sempre os produtos são controlados pela inspecção sanitária, pois muita mercadoria é contrabandeada para nossos países. PORTANTO, ATENÇÃO: Antes de comprar elásticos, certifiquem-se que estes ao serem esticados o elástico interior seja branco, ou, para sua segurança, sejam completamente de algodão.

domingo, 19 de julho de 2009

ITAPAJÉ 150 ANOS



No dia 20 de Julho de 2009, a cidade de Itapajé estará completando seu Sesquicentenário, 150 anos de emancipação política. Assim, resolvi postar esse artigo sobre a História de nosso município:

O povoado de Itapagé teve origem nas antigas peregrinações de Frei Vidal da Penha, em 1837, que em suas andanças de fé já identificava as localidades com um Cruzeiro. A localidade de Santa Cruz da Serra de Uruburetama surgiu na encosta da serra quando foi erigida uma capela no lugar do Cruzeiro. Em 1842 Santa Cruz passou a ser freguesia em honra de Nossa Senhora da Penha. Foi elevada por lei provincial a Vila Constituinte. Logo depois outra lei devolvia a antiga denominação de Santa Cruz de Uruburetama. Um movimento arraial instalou-se nas proximidades de Santa Cruz e devido a esse crescimento recebeu o nome de Riacho do Fogo. Esse nome surgiu em face de acontecimentos locais envolvendo bandoleiros temidos na região, chamados "mourões", que atacavam e matavam muita gente. A fusão do Riacho do Fogo com Vila de Santa Cruz recebeu o nome de São Francisco de Uruburetama e passou a ser a sede da Freguesia em 1862. A Vila de São Francisco passou a categoria de cidade em 1926. Suprimido pela Revolução de 1930, o município ressurgiu em 1933 na condição de Vila e só voltou à condição de cidade em 1938. Somente em 1943 recebeu o topônimo definitivo de Itapajé, que significa "frade de pedra".

Terra da Liberdade: Em Itapajé aconteceu um dos mais belos episódios da história do Ceará e do Brasil. Seguindo o exemplo da Vila Real do Acarape (hoje a cidade de Redenção), Itapajé libertou seus últimos 111 escravos no dia 02 de fevereiro de 1883, cinco anos antes do fim da escravatura no Brasil.

Luta pelos ideais Republicanos: Quando ainda se chamava São Francisco de Uruburetama, Itapajé foi palco de uma das maiores lutas do movimento republicano de 1824. Antonio Bezerra de Souza Menezes, penetrou na Vila após vencer grande resistência oposta pelo Tenente- Coronel Gonçalo de Andrade Sampaio, ardoroso defensor do imperador. Antonio Bezerra pregou os ideais da República do Equador, nos chapadões de Itapajé, e participou do cerco à Fortaleza.

A atual denominação do município de Itapajé, dada oficialmente pelo Decreto N° 1.114, de 30 de dezembro de 1943, é a junção das palavras de origem tupi “ITA”, que significa pedra e “PAJÉ”, líder religioso. O nome faz alusão ao ícone natural Frade de Pedra, que consiste numa agulha de granito, que pode ser vista de vários locais da cidade e por quem viaja pela região.


TRÊS COISAS...


Continuando a Série Mensagens de Internet, aqui segue mais uma pequena reflexão que recebi:
Três coisas na vida que depois de passarem não voltam:
1. Tempo
2. Palavras
3. Oportunidades
Três coisas que podem destruir uma pessoa:
1. Raiva
2. Orgulho
3. Não perdoar
Três coisas que nunca devemos perder:
1. Esperança
2. Paz
3. Honestidade
Três coisas que são valiosas:
1. Amor Verdadeiro
2. Familia
3. Amigos
Três coisas que nunca podem ser dadas como certas:
1. Fortuna
2. Sucesso
3. Sonhos
Três coisas que fazem ser uma pessoa digna:
1. compromisso
2. Sinceridade
3. Trabalho honesto
Três verdades constantes:
- Pai
- Filho
- Espirito Santo

sábado, 18 de julho de 2009

MICHAEL JACKSON E A SOLIDÃO DE TODOS NÓS


Desde a morte de Michael Jackson que tive a intenção de escrever alguma coisa sobre o astro pop. Esperei assim passar alguns dias, pesquisando, conhecendo a existência dele, sua passagem pela vida. Consegui tirar de todo esse conjunto de informações várias reflexões sobre a vivência humana e sobre tudo o que somos.

Michael passou pela vida sem conhecê-la da maneira mais abundante. Mesmo tendo sido no ápice de sua carreira um multimilionário, nunca conseguiu superar as dores da construção humana. Sobreviveu a uma infância perdida diante das cotidianas surras e humilhações de um pai grosseiro e violento, mas nunca superou os traumas e complexos dessa época. Através da música, com a qual teve uma relação tão profunda e íntima...

“But never two lovers like music, music and me…
Mas nunca (houve) dois namorados como a música, a música e eu...”


...Vieram também a fama e a dinheiro, que o fizeram perder a confiança nas pessoas, já não podendo mais discernir os verdadeiros amigos dos aproveitadores de última hora. Preferiu a amizade das crianças, essas sim, eram pessoas dignas da sua confiança, talvez as únicas pessoas sinceras que ele conheceu.